Cada “Diário Ilustrado” é uma unidade que pode ser lida isoladamente, mas como a ”união faz a força”, se leres o conjunto ganhas uma compreensão global sobre a vida dos membros da banda, os acontecimentos, emoções e paixões narradas na primeira pessoa. Cada diário ilustrado pode ser lido de dois modos:

  • “à maneira antiga” quer dizer, inicias a leitura na primeira página e terminas na última;
  • em modo de interativo: escolhes qual o diário do membro, lês o texto e depois consultas as ligações dinâmicas. Podes, em alternativa, escolher uma dada ligação dinâmica e assim tens acesso a fragmentos dos outro diários. Se desejares, podes sempre voltar à página inicial onde interrompeste a leitura;
  • para perceber o enredo é fundamental conhecer os motivos dos suspeitos do roubo da guitarra. Como fazer? É simples: percorre as diferentes “paisagens” da cidade e presta atenção aos pontos de interrogação que surgem aqui e ali. Lê os textos ativados e formula a tua opinião sobre o autor do roubo;
  • no final de cada “diário ilustrado” os músicos convidam os leitores a participar em várias  situações interativas. Em três delas podes ganhar prémios:

1.1. ouvir um solo onde se demonstram a qualidade musical  de cada músico;

1.2. participar num passatempo em que és tu quem inventa e escreve o final da história. O melhor final será premiado;

1.3. editar segmentos sonoros de uma faixa da banda. Constróis a tua música com partes da faixa dos RayPopRock, ou seja, fazes um remix e no final ganha a melhor edição sonora.

1.4. gravar em vídeo uma atuação tua: podes cantar e / ou tocar, seja em conjunto, seja a solo. Podes ainda gravar um vídeo de um grupo de que gostas, mas atenção! Tens de ser o autor da gravação, não podes copiar!

2. Para participar no passatempo:

2.1. Preenche a ficha de inscrição e envia o teu trabalho na categoria que desejares: vídeo, música ou escrita.

3. Em cada período letivo vamos identificar os melhores trabalhos e premiar as três categorias: escrita, som e imagem.